Não entendeu bulhufas do título acima? Não? Então pare de se coçar de curiosidade e acesse o nosso vídeo super-ultra-mega amador aqui embaixo. Nele, não falamos sobre técnicas fodásticas de maquiagem, tampouco das “makes” mais caras do mercado.

Criamos essa janela para pessoas que ainda não ganham um trilhão em dinheirinho e, que, têm vidas fora de muros de mansões. Essas dicas, certas ou não, podem ajudar você, amiga, que faz horrores em frente ao espelho quando está com pressa.

Você, que, como eu (Mariana), começa a passar o pó compacto e sente alguém lhe puxar pela saia pedindo para brincar. E, você, que pega o pincel para passar a base e ouve seu marido berrando: “você vai enrolar mesmo? Vai ficar quantos anos-luz se arrumando?.”