Comprou uma passagem em promoção e está pensando seriamente se viaja ou não para os Estados Unidos? É…, com o dólar tão caro é necessário fazer novos planos. Isso aconteceu comigo. Exatamente na época em que a moeda americana estava na casa dos R$ 4. Obviamente, muita coisa deixa de compensar (principalmente eletrônicos), ainda mais quando não se tem hotel, carro e outras coisas reservadas. O melhor é cancelar tudo e bola pra frente!

Mas estou aqui para contar para vocês que eu passei mais de 10 dias e Orlando, com pouco dinheiro, e ainda consegui voltar com alguns dólares. Claro, comprei absolutamente o necessário. Já tinha estado na cidade em ocasiões anteriores e tive a impressão de que dessa vez as coisas estavam mais caras. Isso me impediu de comprar o mundo. Mesmo assim, não deixei de fazer nada do que eu queria.

É exatamente por isso que abro aqui hoje uma série de pequenos vídeos que fiz com o meu marido (Rafael) para ajudar aqueles que, como nós, precisam economizar viajando pra gringa, ainda mais com tantas adversidades econômicas.  Mostrarei para vocês que ainda é possível ir para o exterior sem se endividar (tanto). Brincadeira!!! Optamos por coisas mais baratas: hotéis, cafés da manhã, transporte, enfim. Abaixo de todos os vídeos deixarei tópicos de onde ir e o que fazer com pouco dinheiro. Detalhe, reservamos tudo no Brasil e compramos a passagem em promoção, como já disse anteriormente.

Comida

  • Dollar Tree (lojinha onde tudo é $ 1 dólar)
  • MC Donalds (os preços na rede ainda são mais acessível nos EUA)
  • Waffle House (Ótima opção de café da manhã)
  • Pollo tropical (Opção de almoço para quem gosta de frango e sente falta da comida brasileira)

Roupas

  • Ross Dress for Less (loja multimarcas, com roupas mais baratas de coleções anteriores)
  • Target (supermercado)
  • Walmart (supermercado)
  • Outlets (Lojas dentro dos outlets: Forever 21, Gap, Banana Republic, H&M, Nike, Vans etc)

Hotel

  • Monumental Movieland Hotel (International Drive)
  • Motel 6 (próximo à International Drive)

Observação: Têm vários hotéis acessíveis localizados na International Drive, uma das principais avenidas de Orlando, muito próxima ao Universal Studios.  Você pode agendar reservar por sites brasileiros, como o Decolar.

Transporte

  • Alamo

Observação 1: Têm várias locadoras de carro, como a Alamo, e há vários modelos de carros acessíveis. Você pode agendar a reserva por sites brasileiros, como o Decolar. Detalhe: cuidado, porque muitas vezes alguns profissionais de locadoras aproveitam a boa-fé do turista para cobrar taxas que não existem. Leia com cuidado o contrato e esclareça todos os encargos antes de alugar.

Observação 2:Dá para ir à pé de alguns pontos da International Drive até o Universal Studios. Estacionamento nos parques custa uma fortuna. Por volta de $15.

Observação 3: Não coma, beba ou compre em parques. As coisas são muito mais caras. Se quer realmente economizar: planeje levar lanches (comprados no Dollar Tree, por exemplo) para parques que autorizem ou coma antes de ir.

Observação 4: Sempre aproveite para pegar cupons de desconto, na recepção de hotéis e nos balcões de informações dos outlets. Se você estiver com mais pessoas, pode ficar ainda mais fácil usar os cupons para comprar roupas e acessórios.